Brasil Política

Lula convoca Congresso e sociedade a reagir a Bolsonaro

Petista e outros políticos, como Ciro Gomes, reclamaram pelo fato de o presidente ajudar a divulgar ato que pede fechamento do Parlamento

 

A informação de que o próprio presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está ajudando a divulgar a manifestação convocada por sua militância para o próximo dia 15 de março, que tem como pauta críticas ao Congresso e até pedidos por seu fechamento, revoltou lideranças da oposição, como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT).

 

Como o Metrópoles mostrou nesta terça-feira (25/02/2020), parlamentares preparam para a volta do Carnaval uma ofensiva com o objetivo de convocar autoridades que divulgaram o ato, como o secretário da Pesca, Jorge Seif Júnior, para se explicar.

 

“Bolsonaro e o general Heleno estão provocando manifestações contra a democracia, a Constituição e as instituições, em mais um gesto autoritário de quem agride a liberdade e os direitos todos os dias”, disse Lula na noite desta terça, em nota oficial. “É urgente que o Congresso Nacional, as instituições e a sociedade se posicionem diante de mais esse ataque para defender a democracia”, conclamou ainda o petista.

 

Já Ciro foi ao Twitter para comentar o episódio: “É criminoso excitar a população com mentiras contra as instituições democráticas e sem causa nenhuma, a não ser sua agenda antipobre, antiprodução e entreguista de nossas riquezas aos estrangeiros”, escreveu o pedetista.

“Que o Congresso, sob as lideranças de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, e o STF, com todos os ministros, saibam reagir a essa ameaça”, disse ainda.

Pelo WhatsApp
O ex-deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF) confirmou ao Metrópoles que Bolsonaro repassa material com convocações ao ato desde antes do Carnaval. O político, que é amigo pessoal do presidente, mostrou à reportagem o vídeo que recebeu dele.

 

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário