Economia Política

Bolsonaro diz que Petrobrás prepara novo aumento de preços e que ‘tem pressa’ em privatizar a estatal

Bolsonaro com Paulo Guedes e refinaria da Petrobras (Foto: Reuters)

Jair Bolsonaro afirmou ter conhecimento “extraoficial” de que a Petrobrás prepara um novo aumento nos preços dos combustíveis para os próximos 20 dias e disse que irá “jogar pesado” com a estatal quando retornar ao Brasil

 

247 – Jair Bolsonaro afirmou saber “extraoficialmente” que a Petrobrás irá anunciar um novo aumento nos preços dos combustíveis nos próximos 20 dias e que, por isso, tem “pressa” para retornar ao Brasil para tratar da privatização da estatal. A informação é do Metrópoles.

“Estou acompanhando, estamos acompanhando. Agora, uma notícia que dou para vocês, eu tenho pressa, a Petrobrás já anuncia, eu sei extraoficialmente, novo reajuste daqui a uns 20 dias”, disse Bolsonaro em entrevista coletiva concedida na Itália, após reunião do G20, ao ser questionado sobre a greve dos caminhoneiros, marcada para esta segunda-feira (1).

“Isso não pode acontecer. A gente não aguenta porque atrela… O preço do combustível está atrelado à inflação, você falou em inflação, você perde o poder aquisitivo e a população não está com o salário preservado ao longo dos últimos anos. Os mais pobres sofrem”, completou.

Ainda segundo ele, “essa semana vai ser um jogo pesado com a Petrobrás, porque eu indico o presidente, quer dizer, tem que passar pelo conselho, não sou eu que indico, e tudo que de ruim acontece lá cai no meu colo. O que é de bom não cai nada em meu colo. O ideal — falei com o Paulo Guedes [ministro da Economia]— é nós partirmos para privatizar a Petrobrás. Isso é o ideal, no meu entender, que deve acontecer. Agora, isso aí não é colocar na prateleira e vender amanhã. Esse processo vai durar mais de ano”, disse.

O chefe do governo federal disse, ainda, que é necessário tomar medidas para tirar a estatal “das garras do Estado”.