Abusos Violência contra mulher

Comissões debatem violência contra mulheres indígenas

Marcelo Mulheres indígenas estarão em Brasília na próxima semana - Camargo/Agência Brasil

“A violência contra a mulher, em todas as suas formas, é inaceitável e seu aumento no contexto indígena é motivo de alerta”

 

As comissões de Direitos Humanos e Minorias; e de Defesa dos Direitos da Mulher promovem debate na quarta-feira (8) sobre violações e violências contra as mulheres indígenas no Brasil. O debate foi solicitado pelas deputadas Joenia Wapichana (Rede-RR) e Erika Kokay (PT-DF).

O debate será realizado no plenário 13, às 13 horas, e poderá ser acompanhado de forma virtual e interativa pelo e-Democracia.

Para solicitar o debate, as deputadas explicaram que está prevista para ocorrer em Brasília, de 7 a 11 de setembro, a 2ª Marcha Nacional de Mulheres Indígenas, em um cenário de intensificação de violências contra os povos indígenas e também
especificamente contra as mulheres indígenas.

No mês de agosto foram assassinadas Daiane Griá, adolescente do povo Kaingang, de 14 anos, da Terra Indígena Guarita, no município de Redentora no Rio Grande do Sul e Raissa Silva, criança indígena de 11 anos do povo Guarani Kaiowá, do Mato Grosso do Sul, lembram as deputadas. “A violência contra a mulher, em todas as suas formas, é inaceitável e seu aumento no contexto indígena é motivo de alerta”, dizem elas, no requerimento em que solicitam a realização da audiência.

Foram convidados, entre outros, representantes do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos; da Articulação Nacional das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade (Anmiga); da ONU Mulheres Brasil e do Ministério Público Federal.

Confira a lista completa de convidados

 

Da Redação – RL

Fonte: Agência Câmara de Notícias