Brasil Economia Emprego

Jornais no Brasil perdem tiragem impressa

Em dezembro de 2014, os 10 principais jornais do País tinham uma tiragem de 1,2 milhão de exemplares impressos. Em outubro de 2019, o número foi de 588,6 mil. Isso equivale a uma redução de 51,7%

 Um levantamento feito pelo site Poder 360 apontou que, de janeiro a outubro, a circulação de exemplares em papel dos principais jornais do País já caiu 10%. Foram analisados dados de 10 dos jornais diários mais relevantes. Em dezembro de 2014, eles tinham uma tiragem de 1,2 milhão de exemplares impressos. Em outubro de 2019, o número foi de 588,6 mil. Isso equivale a uma redução de 51,7%.

No caso das revistas, as principais publicações semanais impressas perderam mais de meio milhão de exemplares este ano. A Veja caiu 32% somando impresso e digital. A Época perdeu 65%. Mantido o ritmo de queda, Época chegaria a zero até o meio de 2020 e a Veja, em 2 anos.

Faça um comentário

Clique aqui para fazer um comentário