Cidade Moradia

Samambaia ganhará 3 mil novas moradias

Anúncio foi feito na noite de sábado, durante comemoração dos 32 anos da cidade, atendendo antiga reivindicação de lideranças

LÍVIO DI ARAÚJO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: ISAAC MARRA

Três mil novas moradias nas quadras 100 e ímpares de Samambaia. Este foi o presente de aniversário de 32 anos da cidade anunciado pelo Governo do Distrito Federal (GDF), na noite deste sábado (23), durante a tradicional festa dos pioneiros. A notícia foi comemorada pelas principais lideranças locais.

Organizada pelos próprios moradores de Samambaia, a festa em comemoração ao aniversário ocorre todos os anos. Desta vez, contudo, o anúncio das novas moradias veio como um presente, algo esperado pela comunidade há mais de 20 anos, já que se arrastava a reivindicação antiga da população local para o surgimento de edificações multifamiliares no local.

Em julho deste ano, a luta de lideranças em busca do terreno para a construção das novas moradias e os apelos feitos ao GDF para o fim do imbróglio foi atendido e os terrenos foram liberados pela Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap). Eles serão destinados a cooperativas que serão responsáveis pelos empreendimentos. “Estamos aqui para comemorar. Sob a batuta do nosso maestro, o governador Ibaneis Rocha, esse dia chegou e o sonho vai se tornar realidade”, disse o vice-governador Paco Britto, que esteve no evento.

Paco lembrou aos pioneiros de Samambaia a importância da criação da cidade, mas ressaltou que o cuidado com ela também é necessário. “Sabemos que o pai de Samambaia é Joaquim Roriz, como todos aqui já falaram. Mas pai, assim como quem faz, também é aquele que cria, que cuida. E depois de tantos anos descuidada, esta cidade tem um novo pai: Ibaneis Rocha”, apontou.

“Nós estamos realizando sonhos. É assim que o governador Ibaneis tem feito e as 100 e impares agora são realidade”, completou o presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab), Wellington Luiz. “Destravar a construção dessas novas moradias vai beneficiar milhares de pessoas”, concluiu o presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado distrital Rafael Prudente.

Um dos líderes comunitários mais conhecidos de Samambaia, Chico Dorion fez um apelo ao governo para que encontre um meio de fazer com que as moradias tenham preços acessível a todos que sonham com a casa própria e faz um paralelo entre a famosa frase do ex-governador Joaquim Roriz com a gestão de Ibaneis Rocha: “Roriz dizia que ‘governar é definir prioridades, depois de ouvir o povo’, e olha o que o governador Ibaneis está fazendo… Depois de tantos anos sem sermos ouvidos, um governo nos ouve e define as prioridades para a nossa cidade”.

O evento contou ainda com a presença da ministra da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda, dos secretários de Turismo e Ciência e Tecnologia, Vanessa Mendonça e Gilvan Máximo, respectivamente, do senador Izalci Lucas, do administrador de Samambaia, Gustavo Aires, e de Tadeu Filippelli, que no governo Roriz, durante a criação da cidade, em 1989, presidiu a antiga Sociedade Habitacional de Interesse Social (SHIS) e foi responsável pela entrega da primeira casa na recém-criada Samambaia.