Política

Sem enfrentar cartel de bancos e comunicação, não tem como modernizar o Brasil, diz Haddad

O professor Fernando Haddad, ex-candidato à Presidência da República pelo PT, em live na TVGGN

Na visão do petista, não há democracia de verdade no País sem facilitar o acesso ao crédito e sem pluralidade na mídia

Ex-candidato à Presidência da República pelo PT, o ex-prefeito de São Paulo e professor de teoria democrática, Fernando Haddad, defende o enfrentamento dos carteis dos bancos e dos oligopólios de comunicação para “modernizar o Brasil”. Na visão do petista, não há democracia de verdade no País sem facilitar o acesso ao crédito e sem pluralidade na mídia.

Neste vídeo, ele ainda comenta da proposta que fez aos donos dos grandes meios de comunicação no Brasil em 2018, quando concorreu ao Palácio do Planalto em 2018. Haddad avisou que, se eleito, iria pautar a regulação da mídia. E pactuou com os empresários um texto base escolhidos por eles, a partir da experiência bem sucedida de regularização em países desenvolvidos.

Confira: