JUSTIÇA

“Só peço: não divulga a fita toda”, diz Bolsonaro a Celso de Mello

RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES
 
 

Presidente voltou a dizer que encontro tratou de “questões reservadas”. Ministro do STF deve decidir sobre liberação do material até esta 6ª

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pediu, durante transmissão ao vivo nas redes sociais realizada nesta quinta-feira (21/05), ao ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, que não libere a íntegra do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril.

O decano Celso de Mello recebeu a gravação na segunda-feira (18/05) e deve decidir até o fim desta semana se torna público todo o conteúdo do vídeo ou apenas os trechos que fazem referência explícita ao inquérito.

“Eu tô adiantando a decisão do ministro Celso de Mello: não tem nada, nenhum indício de que porventura eu interferi na Polícia Federal naquelas duas horas de fita. Agora, só peço: não divulga a fita toda. Tem questões reservadas, tem particularidades ali. O resto, o que eu falei, tem dois pedacinhos de 15 segundos que eu falei de política externa que não pode divulgar. O resto, divulga. Tem bastante palavrão, tá? Peço pro pessoal não assistir, é uma reunião reservada. Se o ministro resolver divulgar, vou cumprir a decisão judicial, tá certo?”, disse Bolsonaro durante a transmissão.

PUBLICIDADE

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com