Blog do Ataíde

Notícias de interesse social

Temu: varejista concorrente da Shopee e AliExpress começa a vender produtos no Brasil

Após conseguir certificação dentro do programa Remessa Conforme, a varejista chinesa Temu iniciou as suas operações no Brasil de forma oficial.

Na tarde desta quarta-feira (5), o aplicativo disponibilizado para Android e iOS já estava adaptado para o mercado brasileiro, contendo preços em real, promoções especiais de “inauguração”, além de informações legais sobre garantia e tempo de entrega.

Além disso, a Temu aceita todos os métodos de pagamento disponíveis no mercado brasileiro, como Pix, cartão de crédito, Apple Pay, boleto e PayPal.

Veja abaixo que a varejista segue o exemplo da Shopee e disponibiliza cupons especiais e frete grátis em todos os pedidos.

Imagem/reprodução: acervoTC/belizariojeffer.

Na sua política de vendas, a Temu só tem enviado produtos ao Brasil quando o usuário atinge um valor mínimo de R$ 75 em compras, sendo que a transportadora parceira são os Correios.

A varejista chinesa também oferece garantia de entrega, como um crédito de R$ 10 em caso de atraso, devolução gratuita por um prazo de 90 dias, reembolso caso o pedido não tenha atualização por 15 dias e reembolso completo por 30 dias sem entrega.

Outro detalhe importante é que a Temu já tem cobrado os impostos do Remessa Conforme (ICMS de 17% + 60% federal acima de US$ 50) na finalização das compras, evitando problemas com a Receita Federal.

Conhecida por ser uma concorrente direta da Shopee e AliExpress, mas muito menos da Shein, que foca em roupas, a Temu tem conseguido alcançar sucesso em diversos mercados, principalmente nos Estados Unidos.

A chinesa explica que consegue vender produtos com preços mais atrativos porque “conecta os clientes diretamente com os fabricantes na China”, eliminando intermediários e fornecendo produtos pensados para seu público.

About Author