Polícia Política

Ataque ao iFood revela lado mais cruel do bolsonarismo com exaltação do assassinato de Marielle, chamada de “Marielle Peneira”

(Foto: PR | Mídia Ninja)

Bolsonaristas hackearam o aplicativo após corte de patrocínio do comunicador Monark e fizeram posts contra Lula, contra as vacinas e celebrando o brutal assassinato da ex-vereadora do Rio de Janeiro

247 – O bolsonarismo, ideologia de extrema direita que hoje governa o Brasil, revelou sua face mais brutal na noite desta terça-feira, quando militantes da seita hackearam o aplicativo de alimentação iFood e trocaram nomes de restaurantes por expressões com agressões ao ex-presidente Lula, contra a vacina e que exaltavam o assassinato da ex-vereadora Marielle Franco. Confira algumas das reações: