Política Tecnologia

Bolsonaristas preparam decreto contra Huawei e empresa deve ir ao Supremo

Jair Bolsonaro, Donald Trump, Xi Jinping e Huawei (Foto: Reuters)

247 – Os bolsonaristas estão agindo para impedir por meio de um decreto a participação da empresa chinesa Huawei no leilão do 5G. Caso isto ocorra, a empresa vai acionar o STF (Supremo Tribunal Federal por considerar que é inconstitucional um decreto com esse conteúdo.

A disposição do governo de Jair Bolsonaro é banir a empresa chinesa do leilão do 5G. A Huawei é uma empresa gigante chinesa do fornecimento de equipamentos de telecomunicações para as operadoras construírem as redes 5G.

O jornalista Julio Wiziack destaca em reportagem na Folha de S.Paulo que “na prática, a medida adiaria o leilão. A concorrência está prevista para junho de 2021”.

Assessores jurídicos da Huawei consideram que um banimento seria inconstitucional. Para eles, a decisão fere o princípio da livre iniciativa.

As operadoras de telecomunicações que atuam no país concordam com os argumentos da empresa chinesa e também consideram ir ao STF se Bolsonaro insistir em barrar a Huawei, que hoje está presente em mais da metade das redes de 3G e 4G em funcionamento no país.

O afastamento da Huawei do leilão do 5G é uma imposição do presidente dos EUA, Donald Trump, a quem Bolsonaro é submisso.