Política

Bolsonaro constrange governadores com agenda eleitoreira na pandemia

Bolsonaro discursa em Parnaíba, no Piauí (Foto: Alan Santos/PR)
 
 

Mesmo sem ter sido convidado pelo governador Helder Barbalho, do MDB, Bolsonaro vai ao Pará nesta quinta-feira, para inauguração de uma obra na capital, Belém

Constrangimento e desconfiança é o que Bolsonaro tem provocado ao viajar a estados governados por políticos que vivem sob ataque do presidente.

Esses governadores tomaram medidas durante a pandemia contestadas por Jair Bolsonaro, que agora vai aos seus estados inaugurar obras em que causa aglomeração.

Nesta quinta-feira (13), mesmo sem ter sido convidado, Bolsonaro deve se encontrar pela primeira vez com um desses governadores, Helder Barbalho (MDB-PA), em inauguração de obra que teve início no governo de Michel Temer, informa a Folha de S.Paulo.

Nos últimos dias, Bolsonaro foi a São Paulo, Bahia e Piauí, onde saiu em fotos montado em um cavalo, lembrando período eleitoral. Esses governadores não receberam o presidente. O governo montou cronograma de visita a obras até fim do ano.

PUBLICIDADE