Brasil Política Saúde Sociedade Trabalho

Bolsonaro pode levar país a uma guerra social, diz Eduardo Gianetti

Eduardo Gianetti e Jair Bolsonaro (Foto: Fronteiras do Pensamento/Greg Salibian | Isac Nóbrega/PR)

O economista e filósofo Eduardo Giannetti da Fonseca, um dos mais respeitados do país, adverte: a estratégia de Bolsonaro contra o coronavírus pode levar a “uma situação de privação material gravíssima. A próxima onda de descontentamento já está começando a se erguer”

O olhar de Gianetti sobre Bolsonaro converge com a avaliação que se generaliza em todo mundo, da China à Europa, exceto para Trump: “Se esta crise tiver como efeito colateral a corrosão, a destruição e a redução a pó dessa direita populista, ela não terá sido totalmente perdida. Lideranças desse tipo colocam em risco à humanidade”.

O negacionismo de Bolsonaro na pandemia, com a mesma lógica da negação das mudanças climáticas, mas com efeitos políticos nefastos para o líder da extrema-direita: “É uma postura negacionista igualzinha à que eles têm em relação à mudança climática, o mesmo menosprezo pela ciência. Mas com uma diferença: a temporalidade da pandemia não é a mesma da mudança climática.” Ele acrescenta: “Houve uma perda, possivelmente irreparável, de capital político pelo equívoco cometido diante da crise atual”.