Política

Bolsonaro se irrita com Mourão e diz que o vice não ajuda o governo

Hamilton Mourão e Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

A “trégua” entre Jair Bolsonaro e seu vice, general Hamilton Mourão, durou apenas 24 horas. Depois de uma conversa na quinta-feira, nesta sexta eles voltaram a se desentender. A subserviência de Bolsonaro a Trump foi o motivo da nova briga

247 – Jair Bolsonaro voltou a demonstrar irritação com o general Hamilton Mourão, vice-presidente da República. Em conversa com assessores nesta sexta-feira (13), o presidente disse a auxiliares que Mourão não ajuda o governo.

O motivo mais recente da irritação de Bolsonaro com Mourão foi uma entrevista em que o vice-presidente defendeu uma opinião conflitante com a de Bolsonaro sobre o resultado das eleições presidenciais nos Estados Unidos. Enquanto Bolsonaro não reconhece a derrota do seu guru Donald Trump e alimentando a expectativa de que o republicano vai continuar governando por mais quatro anos, Mourão avaliou que a vitória de Joe Biden é cada vez mais “irreversível”.

Bolsonaro ainda não reconheceu, como determinam os padrões diplomáticos do Itamaraty a vitória de Biden e sofre pressão dentro e fora do Palácio do Planalto para admitir que seu aliado Trump perdeu.

Os últimos dias foram marcados pela explicitação de divergências entre Bolsonaro e Mourão, principalmente em torno da divulgação de documentos do Conselho Nacional da Amazônia. O órgão presidido por Mourão planejava desapropriar terras de desmatadores. Depois de Bolsonaro classificar a ideia como “delírio”, os dois conversaram longamente ontem, quinta-feira, e restabeleceram as pontes, segundo informaram pessoas próximas.

Mas a trégua não durou 24 horas. A entrevista de Mourão em que admite a derrota de Donald Trump nas eleições americanas irritou o presidente.

PUBLICIDADE

Posts