Brasil Cultura Entretenimento Política Sociedade

 Bolsonaro  suspende verbas para filmes dirigidos ao público LGBT

Edital, lançado em 13 de março, foi atacado por Jair Bolsonaro por liberar recursos para filmes voltados ao público LGBT

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, divulga nesta terça-feira (20) portaria que suspende o edital de convocação de TVs públicas, com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual.

O edital, lançado em 13 de março, foi atacado por Jair Bolsonaro por liberar recursos para filmes voltados ao público LGBT, de acordo com a coluna Radar, da Veja.

A portaria assinada por Terra destaca que o repasse das verbas está suspenso por 180 dias, podendo ser prorrogado por mais 180. A ideia é oferecer tempo ao governo para reformular toda composição do Comitê Gestor do fundo. Tudo para que o governo possa controlar os projetos que serão aprovados para receber recursos públicos.

A medida determina, ainda, a “revisão de critérios e diretrizes para a aplicação dos recursos do fundo, bem como sejam avaliados os critérios de apresentação de propostas de projetos, os parâmetros de julgamento e os limites de valor de apoio para cada linha de ação”, diz o texto.

PUBLICIDADE