Política

Câmara conclui eleição da Mesa Diretora e oposição fica com apenas uma cadeira titular

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Marília Arraes foi eleita segunda secretária; PDT e PSB garantiram suplências; confira como ficou

Por Lucas Rocha

Após dois dias de tensão na Câmara dos Deputados por conta da manobra do novo presidente Arthur Lira (PP-AL) que tentou anular a chapa de Baleia Rossi para garantir o controle de quase toda a Mesa Diretora, a casa legislativa celebrou nesta quarta-feira (3) as eleições das secretarias com tranquilidade e garantiu a representação de 2 partidos do bloco de Rossi.

A distribuição ficou da seguinte forma: 1ª vice-presidência – Marcelo Ramos (PL-AM); 2ª vice-presidência – André de Paula (PSD-PE); 1ª secretaria – Luciano Bivar (PSL-PE); 2ª secretaria – Marília Arraes (PT-PE); 3ª secretaria – Rose Modesto (PSDB-MS); e 4ª secretaria – Rosângela Gomes (Republicanos-RJ).

O único posto em que houve disputa foi a 2ª secretaria. Após pressões internas, o PT havia decidido pela indicação de João Danial (PT-SE), da ala mais à esquerda do partido e ligado ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), mas a candidatura avulsa de Arraes acabou saindo vitoriosa com o voto do plenário.

A 2ª secretaria é responsável pelas relações internacionais da casa legislativa, além de programas de estágio. Inicialmente, o PT vislumbrava a 1ª secretaria, que cuida de serviços administrativos e pessoal.

Na 3ª secretaria, dois deputados do PSB haviam apresentado candidaturas avulsas contra a tucana, mas elas foram indeferidas. Inicialmente, o acordo previa que a legenda socialista ficaria com a posição, mas o PSDB acabou levando.

PDT e PSB conseguiram vagas nas suplências, com Eduardo Bismarck (PDT-CE) e Cássio Andrade (PSB-PA). Completam essas posições Alexandre Leite (DEM-SP) e Gilberto Nascimento (PSC-SP).

Senado

A Mesa Diretora do Senado foi decidida já na terça-feira, com a seguinte composição: 1ª vice-presidência – Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB); 2ª vice-presidência – Romário (Podemos-RJ); 1ª secretaria – Irajá (PSD-TO); 2ª secretaria – Elmano Férrer (PP-PI); 3ª secretaria – Rogério Carvalho (PT-SE); 4ª secretaria – Weverton (PDT-MA).

Com informações da Agência Câmara e do Senado Notícias