Saúde

Comer aveia no café da manhã diminui o risco de AVC, diz estudo

Pesquisadores da Dinamarca descobriram que o alimento, se consumido na primeira refeição do dia, reduz o risco de derrames

ISTOCK

Consumir aveia no café da manhã, no lugar daquele pãozinho francês ou do ovo mexido, traz muito mais benefícios para a saúde do que se pode imaginar. O cereal, se ingerido nas primeiras horas do dia, pode diminuir o risco de derrames, segundo um estudo feito na Dinamarca. A pesquisa conseguiu comprovar a ligação entre a escolha dos grãos, que já é conhecida por seus benefícios ao intestino, por exemplo, e a redução das chances de um acidente vascular cerebral.

Os pesquisadores dinamarqueses observaram os hábitos alimentares de 55 mil pessoas, na faixa dos 50 anos. Nenhum dos voluntários tinha histórico de derrames. Os participantes do estudo consumiam de café da manhã: ovos, pão branco e iogurte. E uma parte do grupo passou a substituir esses alimentos por aveia. Eles foram observados por quase 14 anos.

Quem fez a substituição por aveia teve 4% menos chance de ter um derrame do que quem manteve uma dieta com ovos e pão. O iogurte não teve impacto na comparação. O estudo não tinha intenção de comprovar se a aveia diminuía os riscos de acidentes vasculares, mas os efeitos do alimento no colesterol ruim. E, de fato, a aveia ajudou a reduzir a gordura no sangue.

Publicidade