GDF Saúde

Contratadas empresas que farão montagem dos hospitais de campanha

Cada uma das unidades terá 100 leitos com suporte ventilatório | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

Companhias selecionadas terão até 20 dias úteis, a contar da data de assinatura dos contratos, para executar a estrutura das três unidades

Nesta segunda-feira (22), a Novacap realizou o Pregão Eletrônico Simplificado Nnº 003/2021 para contratação emergencial de empresa especializada em locação e montagem de estrutura de três hospitais de campanha no DF.

Região central de Brasília, Gama e Ceilândia serão contempladas

Geridas pela Secretaria de Saúde (SES), as unidades contarão com 100 leitos de UTI cada, na modalidade de suporte ventilatório pulmonar, específicos para pacientes com covid-19. A pasta também é a responsável pela contratação dos equipamentos hospitalares e da gestão de pessoas.

As empresas vencedoras – DMDL Montagens de Standes Ltda e Paleta Engenharia e Construções Ltda – terão 20 dias corridos, a contar da data de assinatura dos contratos, para executar a montagem das estruturas. A DMDL, que apresentou valor de R$ 6.597.500 para cada um dos lotes, ficará responsável pela montagem das estruturas dos hospitais da Área Central e Ceilândia. Já a Paleta, que apresentou valor de R$ 6.875.000 para o Lote 2, se encarregará da montagem do hospital do Gama.

 

“É uma missão voltada, exclusivamente, a salvar vidas ameaçadas pela covid-19”Fernando Leite, presidente da Novacap

A contratação prevê custos com locação, montagem, manutenção e desmontagem das estruturas, bem como a execução das instalações prediais dos hospitais. A unidade da região Centro Brasília será instalada dentro do Autódromo Internacional Nelson Piquet. Já a do Gama ficará no Complexo Esportivo, enquanto a de Ceilândia funcionará na Escola Parque Anísio Teixeira.

“A realização desse certame nos traz muito orgulho porque executamos com responsabilidade, dedicação, transparência e legalidade essa missão que o governador Ibaneis Rocha confiou à Novacap”, destacou o presidente da companhia, Fernando Leite. “É uma missão voltada, exclusivamente, a salvar vidas ameaçadas pela covid-19.”

*Com informações da Novacap