Cultura

Dia dos Namorados: 8 melhores filmes para solteiros

Imagem: Pexels
Gabriel Witiuk

via nexperts

Dia dos Namorados está chegando e, junto com a data, os diferentes sentimentos que podem atingir as pessoas. Uma das melhores maneiras de celebrar a data mais romântica do ano é assistir a alguns filmes de romance para curtir a vibe. Para as pessoas solteiras, todavia, o Dia dos Namorados pode gerar sentimentos inspiradores ou dolorosos.

Por isso, é preciso saber que as opções de filmes de Dia dos Namorados variam desde produções mais animadas, e que mostram o lado divertido da solteirice, até aquelas que foram feitas para assistir com um chocolate, lenços e muitas cobertas.

Pensando naqueles que não têm alguém para curtir a data, decidimos produzir uma lista com 8 filmes para solteiros assistirem sozinhos (ou com amigos, não é mesmo?) no Dia dos Namorados.

8. Como Ser Solteira

(Fonte: Warner Bros./Reprodução)(Fonte: Warner Bros./Reprodução)Fonte:  Warner Bros. 

Abrimos nossa lista com um título bastante sugestivo! Como Ser Solteira é, originalmente, um livro escrito por Liz Tuccillo (Sex and the City) e adaptado para o cinema por Christian Drifter.

A comédia romântica mostra a vida de jovens adultos, em seus 20 e poucos anos, navegando nas complexidades da vida de solteiro em Nova York. O filme tem uma lição de moral interessante no final, tentando passar a ideia de que, no final das contas, a única pessoa de quem você realmente precisa é si mesmo.

7. Mesmo Se Nada Der Certo

(Fonte: The Weinstein Company/Reprodução)(Fonte: The Weinstein Company/Reprodução)Fonte:  The Weinstein Company 

Se você procura um filme com uma trilha sonora marcante e emocionante, acabou de encontrar! Mesmo Se Nada Der Certo é uma história sobre crescimento e amizade, mostrando o poder da independência e de ir atrás de sonhos.

Neste drama romântico, Dan, que está lidando com uma demissão, e Greta, sofrendo com a traição do namorado, juntam-se para produzir um álbum. Durante a experiência, os dois ajudam um ao outro a lidar com as questões da vida social e a se desenvolverem como pessoas.

6. (500) Dias com Ela

(Fonte: Fox Pictures/Reprodução)(Fonte: Fox Pictures/Reprodução)Fonte:  Fox Pictures 

O filme é um clássico dos corações partidos. Em (500) Dias com Ela, viajamos pelos acontecimentos da relação entre Summer e Tom, tudo pela perspectiva do protagonista.

O drama romântico mostra que o amor verdadeiro é muitas vezes uma construção que as pessoas projetam de acordo com os próprios desejos. Para isso, o filme gira em torno de um doloroso rompimento com o “parceiro perfeito”, provocando reflexões sobre as verdadeiras realidades do relacionamento e da vida.

5. Ressaca de Amor

(Fonte: Universal Pictures/Reprodução)(Fonte: Universal Pictures/Reprodução)Fonte:  Universal Pictures 

Outra opção que fala sobre superar um “parceiro perfeito”, mas com uma boa dose de comédia e uma visão mais alegre sobre o futuro, é Ressaca do Amor. O filme  conta com um baita elenco, que tem Jason Segel (How I Met Your Mother) e Mila Kunis (That ’70s Show).

A comédia romântica mostra as tentativas de Peter Bretter de esquecer a ex famosa e aparentemente perfeita ao pegar umas férias no Havaí. Entretanto, ele acaba tendo que lidar com o fato terrível e doloroso de encontrá-la com o atual parceiro. Ainda assim, o filme passa uma mensagem de esperança após rompimentos dolorosos.

4. História de um Casamento

(Fonte: Netflix/Reprodução)(Fonte: Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

A produção da Netflix indicada ao Oscar relata de forma fiel as realidades do dia a dia de um casamento fracassado. Porém, História de um Casamento também pode ser um lembrete de que, talvez, o fim de uma relação possa ser a melhor opção.

O drama conta a jornada de Charlie e Nicole Barber, explorando o amor, o casamento e a experiência dolorosamente cansativa de um divórcio ruim, mostrando como a separação pode levar as pessoas ao limite.

3. Sob o Sol da Toscana

(Fonte: Buena Vista Pictures/Reprodução)(Fonte: Buena Vista Pictures/Reprodução)Fonte:  Buena Vista Pictures 

Essa produção é a escolha certa para a pessoa solteira que precisa de um pouco de inspiração para redescobrir a vida, a confiança e a felicidade enquanto está sozinha. É uma mensagem de que estar sozinho não significa ser infeliz.

Sob o Sol da Toscana começa com Frances Mayes descobrindo que o relacionamento perfeito que tinha era fachada quando o marido engravida uma amante. Em depressão pós-divórcio, ela escuta a dica dos amigos e sai de férias para a Toscana a fim de se distrair e redescobrir a felicidade.

2. Alguém Especial

(Fonte: Netflix/Reprodução)(Fonte: Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

O filme da Netflix é uma luz no fim do túnel para aqueles que acabam tendo que lidar com um rompimento difícil, mostrando o poder da amizade e dos sonhos que temos para a vida.

Alguém Especial conta a história de Jenny, que termina um namoro de 9 anos por conta da decisão de se mudar em busca do emprego dos sonhos. A comédia romântica conta o processo de superação da personagem.

1. Comer, Rezar e Amar

(Fonte: Columbia Pictures/Reprodução)(Fonte: Columbia Pictures/Reprodução)Fonte:  Columbia Pictures 

O filme estrelado por Julia Roberts é, provavelmente, a produção mais icônica quando o assunto é revigorar o espírito de independência e encontrar um novo entusiasmo para a vida.

Comer, Rezar e Amar acompanha a jornada de Elizabeth Gilbert, que termina o casamento, larga o emprego e vai fazer uma viagem pela Itália, Índia e Indonésia. A personagem faz sacrifícios, come, reza e reaprende a amar em uma viagem que fortifica o sentimento de independência e de ir atrás do que deseja.

Fontes