Geral

Governador do Rio, Cláudio Castro, deu “ok” para execuções no Jacarezinho e tem que ser afastado

(Foto: Reprodução)

Informação sobre o aval do governador ao massacre, que desafiou determinação expressa do Supremo Tribunal Federal, foi confirmada pelo colunista Ascânio Seleme, do jornal O Globo

 O jornalista Ascânio Seleme, colunista do jornal O Globo, confirmou que o novo governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, que era vice de Wilson Witzel, afastado por impeachment, deu aval às execuções no Jacarezinho, que deixaram 28 mortos. A operação da polícia civil desafiou determinação expressa do Supremo Tribunal Federal – o que, segundo o jornalista, constitui crime de responsabilidade. Por isso mesmo, Seleme defende que, assim como Witzel, Castro, que caiu de paraquedas no governo do Rio, também seja afastado.