Política

Haddad chama pro voto

Por – Ataíde Santos

Com o objetivo claro de retirar o ex-presidente das eleições presidenciais de 2022, a Folha de São Paulo informa em matéria publicada hoje (22/03) que 57% dos brasileiros considerariam justa a condenação de Lula. Isso, óbvio, negando informações de apoio e comemoração de diversos líderes mundiais pela absolvição de Lula dos processos que tinham como propósito retirar o petista Luiz Inácio das eleições de 2018 cujo resultado o desastre que estamos vivendo.

Diferentemente da Revista  Fórum e o instituto Data Poder 360, onde o petista é apontado como o candidato de menor rejeição e com maiores chances de derrotar o bolsonarismo, a folha fez sua pesquisa eleitoral excluindo-o da disputa presidencial.

Depois de ler a matéria na Folha, o ex-ministro da educação e ex-candidato a presidência da república professor Fernando Haddad postou em suas redes sociais ainda agora pela manhã: “Tenho uma ideia melhor do que julgar Lula pelo Datafolha. Que tal uma eleição? Já que é para deixar de lado o devido processo legal, melhor o censo do que a amostra”.

Nada mais petista do que “chamar pro voto”.

Não se pode viver sob  blefes, terrorismo, factoides, cortinas de fumaça, prisões arbitrárias, descasos com a saúde, com a educação, com milhares de mortes diárias, com deboches, incertezas… Que se vá aos votos. Nada mais justo!!

Pontos para o professor.