Política

Justiça absolve acusados de extorquir deputado federal do DF

RICARDO BOTELHO/ESPECIAL PARA O METRÓPOLES

Em setembro de 2018, em restaurante no Lago Sul, dois homens teriam constrangido Luis Miranda a pagar quantia em dinheiro mediante ameaça

 

O juiz da 6ª Vara Criminal de Brasília absolveu Daniel Luis Mogendorff e Mauro Cavanha Conceiçãodenunciados por extorquir o deputado federal Luis Claudio Fernandes Miranda (DEM-DF, foto em destaque). O magistrado entendeu que não ficou comprovada a materialidade da infração penal.

O denunciado teria pedido à vítima R$ 360 mil para não divulgar vídeos no YouTube com conteúdo “desonrante e pejorativo” contra o deputado, e R$ 400 mil para evitar a divulgação de matéria jornalística no mesmo sentido, no programa Fantástico, da Rede Globo. Mauro, ainda de acordo com a denúncia, teria produzido os vídeos e atuado com Daniel.

O parlamentar chegou a filmar o encontro com uma câmera escondida na roupa. Veja:

Posteriormente, o próprio MPDFT requereu a absolvição dos acusados por insuficiência do conjunto de provas. Ao analisar o caso, o juiz Nelson Ferreira Junior ressaltou que não se discutia a autoria dos fatos, mas que “não restou comprovada a materialidade da infração penal”.

PUBLICIDADE

Posts