Política

Kennedy: viagem de Lula melhorou imagem do País e mostrou que Brasil não é Bolsonaro

(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Stuckert)

Ex-presidente foi recebido na Europa como estadista, enquanto Jair Bolsonaro passeou de moto no Oriente Médio

A viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Europa, em que foi recebido por líderes da Alemanha, da França, da Espanha e do parlamento europeu, já melhorou a imagem do País e mostrou ao mundo que o Brasil não é Jair Bolsonaro, avalia o jornalista Kennedy Alencar, em análise publicada pelo Uol. “Apesar de ter ficado preso 580 dias e enfrentado tudo o que enfrentou na [Operação] Lava Jato, manteve o prestígio internacional e o respeito”, disse Kennedy, que avalia que Lula foi tratado no exterior como um estadista.

“A viagem de Lula engrandece o Brasil, mostra que o Brasil não é o Bolsonaro”, afirmou, depois de também destacar que ninguém no mundo quer se aproximar da figura tóxica de Jair Bolsonaro, que foi ao Oriente Médio e passeou de moto no Catar.