Segurança

“Lula precisa ter sua segurança reforçada”, diz Altman

Jornalista alerta que o ex-presidente pode ser alvo de um atentado por parte da extrema direita. “O Lula tem que ter a sua segurança reforçada, porque uma bala na testa pode ser uma solução da direita no processo político”, afirmou. Assista na TV 247

 

“O Lula tem que ter a sua segurança reforçada, porque uma bala na testa pode ser uma solução da direita no processo político. É evidente que uma bala na testa altera o equilíbrio de forças no país. É um equilíbrio muito delicado e uma situação na qual o peso do Lula é muito relevante… Agora, não é simples reforçar a segurança do Lula, é muito complexo. Na verdade, hoje o que garante a segurança do Lula, ironicamente, é a pandemia, porque impede, por razões sanitárias, a aproximação das pessoas junto a ele”, disse Altman.

Lula se torna um alvo por ser a única alternativa verdadeiramente anti-bolsonarista entre os possíveis candidatos, avaliou o jornalista. “Não havendo pandemia, com o Lula podendo se movimentar na multidão, como ele sempre fez, sempre faz e sempre fará, garantir a segurança dele é uma operação muito delicada. Ela deve ser reforçada, não tenho quaisquer dúvidas a esse respeito. O Lula é a liderança política que expressa a construção da alternativa anti-bolsonarista e anti-neoliberal. Não há outra liderança que possa cumprir esse papel. [O Lula] é a única liderança que cumpre esse papel, e as forças conservadoras, as forças mais reacionárias e as forças neofascistas sabem disso”, completou.