Justiça

Moradores e ativistas protestam contra a chacina de Jacarezinho (vídeo)

(Foto: Reprodução (Twitter))

Manifestantes foram às ruas protestar contra a maior chacina da história do município do Rio repudiada pela Anistia Internacional

 

247 – Manifestantes foram às ruas protestam contra a chacina do Jacarezinho, que aconteceu nessa quinta-feira (6) durante uma operação policial para desmantelar um esquema de aliciamento de crianças e adolescentes para ações criminosas, como assassinatos, roubos e sequestros de trens da Supervia.

Ao todo, 25 pessoas morreram durante a ação policial. De acordo com a diretora-executiva da Anistia Internacional no Brasil, Jurema Werneck, as mortes de um policial e de outras 24 pessoas da favela não deveriam ser chamadas de “resultado de operação policial” ou de “tiroteio”, mas frutos de uma “chacina” ou um “massacre”.

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) anunciou uma ação de seu partido junto com o PT, da deputada federal Benedita da Silva (RJ), e a presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alerj, deputada estadual Dani Monteiro (PSOL), contra o governo do Rio de Janeiro pela Chacina do Jacarezinho.