Trânsito

Pandemia de Covid-19 fez autuações por embriaguez ao volante caírem no DF

Foto: Felipe Menezes/Metrópoles

Apesar de casos recentes de acidentes envolvendo motoristas alcoolizados, Detran-DF registrou 3.267 infrações a menos entre março e julho

ANA KAROLLINE RODRIGUES

O início de agosto no Distrito Federal foi marcado por acidentes de trânsito com mortes, envolvendo motoristas alcoolizados. Apesar dos casos recentes, as infrações relativas à embriaguez ao volante durante a pandemia do novo coronavírus caíram 37,82% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo o Departamento de Trânsito (Detran-DF), entre março e julho deste ano, foram registradas 5.372 infrações desse tipo. O número representa 3.267 a menos que a quantidade registrada no mesmo período de 2019, quando 8.639 motoristas embriagados foram autuados.

Conforme dados do Detran, nos primeiros sete meses do ano passado, ocorreram 12.643 autuações. Entre janeiro e julho deste ano, os registros chegaram a 9.021 infrações do tipo. Ou seja, 3.622 a menos. Isso significa uma queda de 28,65%.

Antes do início do isolamento social, em janeiro e fevereiro de 2019, foram 3.985 autuações e, no mesmo período de 2020, 3.649. Houve, portanto, apenas 336 infrações a menos, o que significa uma redução de 8,43% nesse período em relação ao ano passado.

Os dados incluem todas as autuações no DF pelo Detran-DF, pela Polícia Militar do DF (PMDF) e pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Segundo o Detran, o quantitativo referente a 2020, contudo, pode sofrer alterações, pois há multas em processamento.

Acidentes e mortes

Da mesma maneira, o número de acidentes de trânsito com morte também sofreu redução neste ano. Foram 58 casos a menos no primeiro semestre deste ano em comparação ao primeiro semestre de 2019.

Entre janeiro e junho de 2019, houve o registro de 139 acidentes com óbitos pelas vias do DF. Deste total, 98 (70,5%) ocorreram apenas de março a junho. Já no primeiro semestre deste ano, 81 acidentes ocorreram com mortes, sendo 44 apenas entre março e junho (54,3%), no período da pandemia.

Portanto, durante o enfrentamento à Covid-19, foram registrados 54 acidentes de trânsito a menos que no mesmo período do ano passado no DF. Isso representa uma queda de 55,1%.

Em relação às vítimas, no primeiro semestre de 2020, houve 63 a menos que de janeiro a junho de 2019. Segundo dados do Detran-DF, 146 pessoas morreram em acidentes de trânsito nesse período em 2019, sendo 105 (71,9%) entre março e junho. No primeiro semestre de 2020, 83 pessoas perderam a vida em acidentes no DF. Do total, 46 (55,4%) se tornaram vítimas de março a junho.

Dessa forma, durante a pandemia no DF, o Detran registrou 59 vítimas de acidentes de trânsito a menos que no mesmo período do ano passado. Isso significa uma queda de 56,2%.

Casos recentes

Os números, porém, tendem a aumentar neste segundo semestre, desde que houve a retomada de atividades econômicas, como bares e restaurantes. Entre sexta-feira (7/8) e domingo (9/8), por exemplo, a PMDF autuou 318 motoristas que dirigiam sob efeito de álcool.

Na madrugada desse sábado (8/8), um acidente envolvendo um carro e uma motocicleta acabou em morte na Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB). Uma mulher conduzindo uma Renault Duster preta colidiu com a moto no cruzamento que fica próximo ao bar Paraíba Carne de Sol. A condutora foi submetida ao teste do bafômetro e ficou comprovada a ingestão de bebida alcoólica.

Essa se tornou a terceira morte provocada por motoristas embriagados nas ruas do DF só na última semana.

Na noite de quarta-feira (5/8), dois garis que voltavam do trabalho morreram após serem atropelados por um motorista com sinais de embriaguez, no Km 10 da BR-020, sentido Sobradinho/Planaltina. O motorista, que estava em um Ford Ka, acabou preso. Após passar por audiência de custódia, ele foi solto sem fiança.

No último dia 3 de agosto, um homem morreu atropelado enquanto trocava o pneu do carro na DF-230, próximo ao Morro da Capelinha, em Planaltina. O autor do atropelamento recebeu liberdade provisória na quarta-feira (5/8), após uma audiência de custódia.

About the author

Joao Victor

Add Comment

Click here to post a comment

PUBLICIDADE

Posts