Saúde

Pandemia não acabou: Brasil registra mais 49,8 mil casos e 698 mortes por Covid-19

Representação do novo coronavírus (Foto Pixabay)

Dados do Ministério da Saúde dão conta de que mais de 563 mil pessoas estão infectadas no momento; Câmara aprovou R$ 1,9 bi para comprar vacina de Oxford

Por Fabíola Salani

Boletim do Ministério da Saúde divulgado nesta quarta-feira (2) mostra que os números da Covid-19 não param de avançar no país, e em velocidade maior. Foram registrados mais 49.863 casos da doença e 698 novas mortes devido ao novo coronavírus.

Com os novos registros, o país soma 6.436.650 pessoas infectadas pelo Sars-Cov-2 desde o início da pandemia. E 174.515 vidas perdidas para a Covid-19.

O boletim ainda indica que há, atualmente, 563.782 pessoas em observação com a doença ativa. Há pouco mais de duas semanas, esse número era menor do que 400 mil. Isso mostra o novo avanço da contaminação pelo novo coronavírus no país.

A vacina, apontada como principal medida para controlar a disseminação da doença, ganhou nesta quarta-feira (2) recursos de quase R$ 2 bilhões. A Câmara aprovou MP que libera essa verba para aquisição dos imunizantes desenvolvidos em parceria pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. No Brasil, o produto será fabricado pela Fiocruz.

Publicidade