Racismo

Prefeita eleita em Bauru denuncia racismo: “Cara de favelada”

Suéllen Rosim (Foto: Reprodução)

A prefeita eleita de Bauru (SP), Suéllen Rosim (Patriota), denunciou ataques racistas. O agressor disse que o município não pode eleger “aquela mulher com cara de favelada”. “Não tenho nada contra, mas essa gente de pele escura, com cara de marginal administrado essa cidade, será o fim”, continuou

247 – A prefeita eleita de Bauru (SP), Suéllen Rosim (Patriota), afirmou no Twitter que foi alvo de ataques racistas às vésperas do segundo turno. “Recebi conversas de cunho racista feitas em um grupo de WhatsApp e comentários nas redes sociais. Jamais me silenciarei diante de algo tão sério. É inadmissível. Já tomei as medidas judiciais necessárias”, escreveu no Twitter.

De acordo com informações do portal G1, o agressor disse que o município não pode eleger “aquela mulher com cara de favelada”. “Não tenho nada contra, mas essa gente de pele escura, com cara de marginal administrado essa cidade, será o fim. O melhor para a cidade é o Dr. Raul. Esse sim tem berço”, disse ele. “Essa gentinha irá afundar Bauru”, afirmou.

Suéllen Rosim é a primeira mulher a ser eleita prefeita de Bauru. Ela teve 55,98% dos votos, contra 44,02% do Dr. Raul (DEM).

Publicidade