Cidade Saúde

Sai edital para a construção do Hospital Oncológico de Brasília

Serão investidos R$ 120 milhões para erguer 172 leitos, sendo 20 de UTIs, em terreno de 40 mil metros. Unidade terá capacidade para realizar até 9 mil atendimentos por ano

AGÊNCIA BRASÍLIA *

A construção do Hospital Oncológico de Brasília ganhou mais impulso: foi publicado nos Diários Oficiais da União (DOU) e do Distrito Federal (DODF) desta quinta-feira (7) o edital de licitação para a contratação de empresa de engenharia responsável pela construção da unidade de saúde.

O investimento de R$ 119.772.956,98 será custeado pela Caixa Econômica Federal. O projeto arquitetônico foi totalmente elaborado pela Diretoria de Edificação da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

O Hospital Oncológico será construído em um terreno de 40 mil metros quadrados ao lado do Hospital da Criança de Brasília. A estimativa é de que a nova unidade tenha 152 leitos de internação, 20 leitos de UTI e capacidade para realizar até 9 mil atendimentos por ano.

“Esta foi uma promessa de campanha do governador Ibaneis Rocha. Com muito empenho e dedicação, conseguimos reaver o financiamento da Caixa que estava praticamente perdido”, explica o secretário de Obras, Luciano Carvalho. “Trata-se de importante obra para reforçar o sistema de saúde do DF”, conclui.

Candido Teles, presidente da Novacap, diz considerar uma honra para a Novacap atuar na execução desse projeto. “Nossos engenheiros e arquitetos trabalharam com amor; afinal, essa unidade será a primeira a especializada no tratamento de câncer no Distrito Federal e, com toda certeza, referência para o Brasil”, comenta ele.

Para o secretário de Saúde, Francisco Araújo, o Hospital Oncológico é mais uma conquista da saúde pública do DF e será fundamental para o tratamento dos pacientes da capital.


Fundo de saúde

Os recursos da Caixa Econômica serão recebidos a partir do início da construção, com a emissão da primeira ordem de serviço. A verba será administrada e fiscalizada pelo Fundo de Saúde do Distrito Federal (FSDF).


Com informações da Secretaria de Obras