Colunas Cultura Política

Um professor de política drag queen? Conheça Rita Von Hunty

 

Rita desafia a onda conservadora no Brasil e ministra palestras sobre política e sociologia

O que é ser drag queen? Se colocar no dicionário, a resposta será um homem vestido com roupas extravagantes de mulher e que imita a voz e trejeitos tipificadamente femininos. E não está errado, ser drag é exatamente isso.

 

Mas também é mais, bem mais. Pode ser um descobrimento, um enfrentamento. Ou um movimento político, especialmente em um país onde o universo da política sempre foi conservador, masculino e hétero.

Há um pouco de tudo isso em Rita Von Hunty.  De salto alto e batom vermelho, a apresentadora e youtuber conversou com CartaCapital sobre como vem ganhando destaque por falar montada sobre política.

Rita, persona de Guilherme Terreri Lima Pereira, de 28 anos, é formado em artes cênicas e letras. Começou seu canal falando sobre comida vegana e aos poucos foi indo para temas como feminismo, empoderamento e LGBTfobia.

Rita também é apresentadora de um programa na TV, com outras duas drags, que empodera mulheres através de looks e maquiagem. O sucesso tem sido tão grande que a drag saiu das telas e dá cursos em todo o Brasil com temas sobre política, filosofia e sociologia. Sempre, obviamente, sobre um salto alto e com um batom bem forte.

Conheça Rita Von Hunty:

 

 

 

Muito obrigado por ter chegado até aqui…

 

… Mas não se vá ainda. Ajude-nos a manter de pé o trabalho de CartaCapital.

 

O jornalismo vigia a fronteira entre a civilização e a barbárie. Fiscaliza o poder em todas as suas dimensões. Está a serviço da democracia e da diversidade de opinião, contra a escuridão do autoritarismo do pensamento único, da ignorância e da brutalidade. Há 24 anos CartaCapital exercita o espírito crítico, fiel à verdade factual, atenta ao compromisso de fiscalizar o poder onde quer que ele se manifeste.

 

Nunca antes o jornalismo se fez tão necessário e nunca dependeu tanto da contribuição de cada um dos leitores. Seja Sócio CartaCapital, assine, contribua com um veículo dedicado a produzir diariamente uma informação de qualidade, profunda e analítica. A democracia agradece.

SEJA SÓCIO