Cidade Pandemia

Vacinação para pessoas com 37 anos começa com alta procura nesta 6ª

Hugo Barreto/Metrópoles

Em alguns pontos de imunização, há filas desde as primeiras horas da manhã. Campanha para esse público vai até domingo (25/7)

 

Com alta procura, começou, nesta sexta-feira (23/7), a vacinação contra Covid-19 para pessoas com 37 anos ou mais no Distrito Federal. O público-alvo aproveitou as primeiras horas da manhã para buscar os imunizantes. Em boa parte dos postos de imunização, há filas, como no Parque da Cidade, na Asa Sul, Asa Norte, no Cruzeiro, Guará e Núcleo Bandeirante. Na UBS 4, do Lúcio Costa, a primeira pessoa a ser vacinada iniciou a fila às 3h.

Fila para vacinação em posto da 612 Sul

Por volta das 8h30, a fila no posto de vacinação do Estacionamento 13 do Parque da Cidade contabilizava centenas de veículos com pessoas à espera da imunização.

A primeira dose do imunizante é da AstraZeneca. No local, as vacinas são aplicadas a partir das 9h.

O dentista Márcio Paulo Santos estava incomodado com o tempo de espera. “Eu não acho que deveriam ter mudado o procedimento de agendamento. Na minha família, vacinamos pai, mãe, pessoas de outros grupos prioritários. Todos por agendamento, e não tivemos grandes transtornos. Acredito que estava dando certo. Logo na minha vez, esta fila. Vamos contar que todos tenham paciência. Há vacina para todo mundo”, assinala.

Na Unidade Básica de Saúde (UBS) 4, no Lúcio Costa, uma fila imensa de pedestres se forma na porta do posto. A primeira pessoa a se vacinar chegou ao local por volta das 3 horas da manhã e foi imunizada às 8h, totalizando 5 horas de espera.
Guará

Por volta das 10h, a fila na UBS 1 do Guará contabilizava 30 pessoas à espera da imunização. A primeira dose do imunizante é da vacina CoronaVac. No local, as vacinas começaram a ser aplicadas às 8h.

A servidora pública Amapola Monserrapp, 39, estava tranquila na espera pela imunização. “Fiquei surpresa, porque imaginava que demoraria mais, achei que só vacinaria no ano que vem. A fila aqui está rápida, e não ter agendamento facilita mais. Agora, as pessoas não têm desculpa”, frisa.

Asa Sul

Na UBS 1 da Asa Sul, a procura pela imunização estava alta às 11h. Mais de 280 pessoas aguardavam em fila única pela primeira dose.

A primeira dose do imunizante é da Pfizer. As de AstraZeneca e Coronavac estão sendo aplicadas somente em quem tem contraindicação da Pfizer. No local, a imunização começou às 8h e vai até às 17h.

Rafael Rocha, 37, chegou à UBS às 9h40, mas só recebeu o imunizante às 11h. “A vacinação sem agendamento dificultou muito. A fila tá grande, e as pessoas estão aglomeradas. Foi difícil, mas a expectativa era receber essa primeira dose de qualquer jeito”, afirmou o morador da Asa Sul.

A produtora cultural Carla Barcelos, 37, estava ansiosa. “Poucas pessoas da minha família ainda não se vacinaram, faltava eu. Cheguei aqui às 9h30, mas sei que alguns lugares estão com as filas maiores”, disse a moradora do Jardim Botânico.

Asa Norte

Na Unidade Básica de Saúde 2, da Asa Norte, a fila única para a primeira dose chegava a 220 pessoas no fim da manhã. A vacinação começou às 7h30 no local.

A advogada Patricia Dias, 37, chegou às 10h15 à unidade de saúde e afirmou que a fila andou rápido. “Acho que a vacinação no DF está muito atrasada, demorou muito”, lamentou a moradora da Asa Norte.

Marcelo da Conceição, 39, comemorou a vacina. “A espera pela vacina é grande, mas a fila aqui foi rápida e, graças a Deus, chegou a minha vez”, destacou o ajudante de limpeza.

Pontos de vacinação

A campanha de vacinação para esse grupo ocorre até o próximo domingo (25/7). Estão reservadas mais de 100 mil doses para a imunização com a D1, e não é preciso fazer agendamento.

Confira a lista com os endereços dos locais e das unidades básicas de saúde que farão a aplicação da vacina. É preciso estar atento para saber se o ponto de imunização oferece a primeira ou a segunda dose, ou ambas as aplicações.

Com a ampliação do público-alvo, a expectativa é a de que 300 mil pessoas estejam com a imunização completa até o fim deste mês. Na sexta, a vacinação ocorre das 8h às 17h. No sábado (25) e no domingo (26), o horário de atendimento será das 9h às 17h. Para quem for receber o imunizante, basta levar um documento de identidade que comprove a idade apta para tomar a vacina.