Blog do Ataíde

Notícias de interesse social

‘Parem tudo’, pede Musk. ‘Inteligência artificial está fora de controle’

Elon Musk também é dono da SpaceX e do Twitter | Foto: Reprodução/Flickr | Foto: Reprodução

Executivos da área pedem, em carta, suspensão de novos sistemas

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

Elon Musk e dezenas de outros executivos da área de tecnologia pediram, em carta, que os laboratórios de inteligência artificial (IA) suspendam o desenvolvimento de novos sistemas por pelo menos seis meses.

O documento, cujo título é “Pausem os Experimentos Gigantes em IA”, foi divulgado nesta quarta-feira, 29, pela Future of Life, uma instituição que tem Musk entre seus maiores financiadores. Entre os signatários estão o cofundador da Apple, Steve Wozniak, e o CEO da Stability AI, Emad Mostaque.

No texto, os executivos afirmam que “os sistemas de IA com inteligência competitiva com a humana podem oferecer riscos profundos para a sociedade e a humanidade, como demonstrado por extensiva pesquisa e reconhecido por laboratórios de ponta”.

Ainda segundo o grupo, a IA avançada pode representar uma transformação profunda na história da vida sobre a Terra e, por isso, “deveria ser planejada e administrada com atenção e recursos compatíveis”.

O documento ainda afirma que os laboratórios de inteligência artificial estão “numa corrida fora do controle para desenvolver e empregar mentes digitais cada vez mais poderosas, que ninguém consegue compreender, prever e controlar com confiança”.

A recomendação é para que o desenvolvimento de sistemas mais avançados que o GPT-4 sejam suspensos imediatamente. A pausa deve durar até que se crie um protocolo global para a utilização dessa tecnologia.

Os signatários recomendam que os governos atuem para “instituir uma moratória” nos experimentos.

O alerta ocorre após a enorme popularidade alcançada pelo ChatGPT, criado pela OpenAI, sobretudo depois de o sistema ter sido embarcado no Bing, da Microsoft. O chatbot com “capacidade humana” foi lançado em novembro do ano passado. Recentemente, a OpenAI disponibilizou a versão GPT-4, mas a GPT-5 ainda não começou a ser treinada.

Uma das preocupações dos signatários é a capacidade dos bots em escrever códigos de computadores com “sofisticação humana”, o que poderia gerar uma autonomia tantas vezes imaginada em filme de ficção científica. A carta reflete a corrida de empresas como a Microsoft e a Google em oferecer produtos cada vez mais avançados à base de inteligência artificial.

Apesar de sua posição em retardar novos avanços, Elon Musk está usando alguns instrumentos de IA para os carros autônomos fabricados pela sua empresa Tesla.

About Author